Curta-me na rede social Facebook
Siga-me na rede social Twitter
Inscreva-se no canal Youtube
Adiciona-me na rede Google +
JB Treinamento em Informática, cursos e livros | Buzzero
Ouça diariamente a Web Rádio Online de Jussara PR
 
 Por Zélia Maria Bonamigo,
Jornalista e antropóloga
 Quinta-feira, 21/12/2016, 15h20
  + notícias
Traduzir esta página

Natal e Alzheimer

Imagem: Alduino Bonamigo | Natal e Alzheimer, por Zelia Bonamigo
Imagem: Alduino Bonamigo | Natal e Alzheimer, por Zelia Bonamigo
Curso Online de Informática

Mais detalhes...

JOSÉ - Outro Olhar pelo Tempo - COMPRAR...

– Oi, lembra de mim?

– Claro, imagine!

Essa é uma das estratégias interessantes que meu pai, 88 anos, com doença de Alzheimer, desenvolveu para driblar o constrangimento no momento em que amigos, conhecidos e familiares o visitam e não se lembra do nome nem de onde os conheceu. Consequentemente, fica sem saber como perguntar, comentar, elogiar, relembrar...

Microsoft Office | Livro da JB Treinamento | Windows, Word, Excel

Na fase em que ele podia ouvir mais do que agora, o diálogo era anunciado com apresentações dos visitantes, no caso familiares dizendo seus nomes e graus de parentesco, que o faziam sorrir diferentemente a cada frase.  

– Oi, nono/vovô, sou seu neto. Gosto muito do senhor.

– Meu neto?  

– Sim, ele é meu filho e eu sou sua filha. O senhor é meu pai.  

– É? Que bom!  

– Eu sou seu genro, casado com sua filha.

– Mas que bom, assim. Fico contente.

Sorria, olhava ao redor procurando palavras..., elas não vinham. Não se deixava abater. Emocionado, retribuía os abraços, segurava nas mãos do neto, nos braços da filha, nos ombros do genro, e perguntava interessado:

- Como você se chama?

As apresentações eram renovadas com novas manifestações de afeto. A palavra é mais quando acompanhada pelo toque carinhoso das mãos, do abraço e do beijo, linguagens universais.

Hoje, devido à sua maior dificuldade de ouvir, nos ensina a falar frases curtas, palavras-chave. Seu olhar perscruta o nosso, seu coração avalia pela nossa fisionomia se estamos felizes e se o dia vai ser bom. É o que importa.

O silêncio

A eloquência do silêncio é maior em pessoas com Alzheimer. No dia a dia com meu ancião adorável, vislumbro que fazer parte do seu silêncio, quando ele assim prefere, é o que há de mais vantajoso.

Nesse caso, ficamos quietos, nos olhamos, ele sorri, eu faço o mesmo, juntamos as mãos, afago sua cabeça, ele sorri de novo e tudo recomeça. Claro, a correria da vida não faz parte desses momentos, é preciso entrar em outra dimensão do tempo, aquela em que tudo parece parar. O cantar dos pássaros congela no meio e o tic-tac do relógio fica sem sentido quando a gente olha para a pessoa com Alzheimer e percebe que o seu é o tempo presente.  

Há um colapso da subjetividade, o qual não permite reorganizar o passado, diz o filósofo João Teixeira ao comentar estudos da Neurociência:

“Recordar é, em grande parte, reinventar, reorganizar nosso passado e inseri-lo em uma narrativa que compõe nossa subjetividade. É nesse sentido que o Alzheimer se torna algo muito mais devastador do que a doença do esquecimento. Ele compromete a coerência necessária para que tenhamos um self e, com isso, faz que a própria subjetividade entre em colapso”.

Se não podemos contar muito com a subjetividade porque “o Alzheimer se torna muito mais devastador do que a doença do esquecimento”, ficam as palavras que traduzem lembranças, lapsos de memória.

No cotidiano entrego-me à relação de acreditar nas capacidades que meu pai ainda tem, nas coisas que ele atualiza, na relação que podemos recriar, agora e além do tempo. E as memórias, apesar de silenciadas, continuam memoráveis e nos fazem felizes ao citá-las, revivê-las por instantes.

São indícios de que a crença no ser humano não precisa ter fim, mesmo que o filme termine antes da conclusão do roteiro.

Estreitar os laços humanos a cada momento faz com que gestos supostamente rotineiros adquiram eloquência inexplicável.

É a oportunidade de nos presentearmos humanizando os cuidados, desafiando a doença e reafirmando que se pode ir além, muito além, reinventando sentidos e narrativas.

Então é Natal.

JB Treinamento em Informática, cursos e livros | Um Jeito Novo de Ensinar

Fotografia e Pessoas com Doenças

Do trabalho de jornalista ao de acompanhamento pessoal do meu pai, desde abril deste ano, tenho aprendido diversas estratégias de humanização. Uma delas é fazer da fotografia um processo dialógico interessante com um senhor de 88 anos com doença de Alzheimer. Mais detalhes...

Feliz Natal

Venho pensando na mensagem existente na festa celebrada pelos cristãos, chamada Natal ou festa do nascimento do Deus Menino.
Mais detalhes...

O Ensino a Distância – EAD

A modalidade de ensino a distância tem crescido substancialmente em todo o país por diversos motivos. O primeiro deles é a facilidade de estudar no conforto de casa ou escritório, como também a flexibilidade de horário. Mais detalhes...

JB Treinamento em informática | cursos e livros

Os cursos e treinamentos oferecidos pela JB Treinamento em informática vão além dos básicos. Livros de informática e literatura estão disponíveis na JB Treinamento para complementar o aprendizado do leitor ou do aluno. Portanto, o alcance fantástico dessa escola justifica sua presença no mercado desde 1994. Dessa forma, a JB treinamento em informática oferece cursos online com certificação, de início imediato e sem mensalidades. Também oferece aulas presenciais e, em ambos os casos, faz parte do pacote de ensino, o pacote Office, como: Microsoft Windows 7, Windows 8, Windows 10, Excel 2010, Word 2010, PowerPoint 2010, Access 2010, PHP, HTML, CSS, livros, macros no Excel, HTML, CSS, matemática, trigonometria, formatação condicional, funções estatísticas, jovem aprendiz, CorelDRAW x5. Quantos aos livros, são literaturas atuais, como: Aventuras de Antares, Formigarto, Instante de Solidão, Padre e a Politica, José, Histórias de Jussara na Visão de Pioneiros, O Esconderijo do Formigo, e muito mais! Tudo em parceria com a Buzzero e Clube de Autores.
JB Treinamento em Informática, Gestão e Negócios Curta nossa página no Facebook Siga-os no Twitter Assista nossos vídeos no Youtube