Curta-me na rede social Facebook
Siga-me na rede social Twitter
Inscreva-se no canal Youtube
Adiciona-me na rede Google +
JB Treinamento em Informática, cursos e livros | Buzzero
Ouça diariamente a Web Rádio Online de Jussara PR
 
 Por Joaquim B. de Souza, Editor
 Segunda-feira, 17/10/2016, 12h00
  + notícias
Traduzir esta página

Colégio Senador engrossa a lista de escolas ocupadas

Imagem: Reprodução/Patricia Panaino/Colégio Senador
Imagem: Reprodução/Patricia Panaino/Colégio Senador/17/10/2016
Curso Online de Informática
Curso Online de Informática da JB Treinamento
Aprenda no conforto de sua casa ou de seu escritório.Mais detalhes...
A proposta de reforma do ensino médio tem causado alguns transtornos aos governos estaduais e aos núcleos estaduais de educação. Pois, alegando diminuição à evasão escolar o governo federal tomou uma decisão que desagradou a educadores e estudantes.

Para manifestar esse descontentamento com a proposta alunos do Colégio Senador Moraes de Barros, de Jussara, Região Noroeste do Paraná, engrossou a lista de escolas ocupadas. Alunos ocuparam o colégio em protesto à reforma e não tem prazo para desocupação. Estive no Colégio e conversei com alguns alunos. O objetivo é claro, manifestar contra a reforma de ensino proposta por Michel Temer. Um dos jovens que coordena a ocupação me afirmou que o prazo inicial é de uma semana, mas que o movimento é dinâmico vão estar dialogando com quem de direito para que sejam ouvidos. Pois, não entra em suas cabeças aceitar calados essa reforma. Segundo o jovem, todos estão preocupados com o futuro e "ocupação foi feito de acordo com as normas, com a presença do Núcleo e da APP-Sindicato, lavrando ata".


Foto: JB Treinamento/Notícias Avante Jussara PR/17/10/2016

Segundo o professor Jorge Queiroz, do CEEBJA Ayrton Senna, de Almirante Tamandaré, “o governo optou pela Medida Provisória n° 746 para introduzir a reforma, em vez de um projeto de lei. Ao agir de forma antidemocrática, gera, evidentemente, desconfortos entre educadores (as) que anseiam por um modelo de escola mais participativo”, afirmou em seu artigo “Proposta de reforma do ensino médio não agrada”.

Alunos deste mesmo colégio no início deste mês saíram às ruas para protestarem contra essa duvidosa proposta de reforma do Ensino Médio do governo Temer que, segundo educadores, só trará prejuízo à educação brasileira. Com palavras de ordem “Fora Temer” e “Richa é caloteiro”, estudantes através da manifestação “Escola na Rua”, tentaram despertar a comunidade para o problema que essa confusa proposta poderá trazer à comunidade escolar. Portanto, cada dia novas escolas são ocupadas e o governo parece estar de braços cruzados esperando ganhar pelo cansaço.


Imagem: Reprodução/Patricia Panaino/Colegio Senador no dia 06/10/2016

Governo do Estado sem saber que rumo dar a essas ocupações decretou recesso de cinco dias na Rede Estadual. Porém, a Secretaria de Educação tenta intimidar o movimento usando o poder público, como Ministério Público, Conselho Tutelar e Poder Judiciário. Pelo que se percebe, não há interesse do governo em atender nenhuma demanda dos estudantes. Até o momento são 470 escolas e 7 universidades ocupadas.

JB Treinamento em Informática, cursos e livros | Um Jeito Novo de Ensinar

Encontro Sentinelas em Missão da Coordenação Diocesana do Ministério Jovem da RCC

Começou neste sábado (15/10) o Encontro Sentinelas em Missão, da Renovação Carismática Católica, organizado pela Coordenação Diocesana do Ministério Jovem, na Paróquia Sagrado Coração de Jesus, em Jussara. Mais detalhes...

Educadores resistem: greve por tempo indeterminado

Dois mil educadores da rede estadual de ensino básico, em Assembleia na última quarta-feira, 12, deflagraram uma greve por tempo indeterminado. Mais detalhes...

PEC 241 – teto para gastos públicos por 20 anos

Sob duas bandeiras o projeto de emenda constitucional PEC 241 cria uma imposição ao Estado e retrocesso nos investimentos sociais.
Mais detalhes...

Estudantes saem às ruas protestando contra a reforma do Ensino Médio

Estudantes do Ensino Médio das escolas paranaenses saíram às ruas para protestarem contra a duvidosa proposta de reforma do Ensino Médio do governo Temer. Mais detalhes...

Educadores denunciam as reformas no Ensino Médio

A comunidade paranaense sabe que os (as) educadores (as) da rede estadual de ensino do Paraná estão em estado de greve. Mais detalhes...

Governador suspende reajuste de servidor por tempo indeterminado no Paraná

Um dia após as eleições, Beto Richa enviou à Assembleia Legislativa do Estado (Alep) o projeto de lei que suspende o reajuste salarial de todo o funcionalismo público estadual por tempo indeterminado.
Mais detalhes...

Para receber todas as semanas notícias em seu e-mail, inscreva-se!
  Seu e-mail estará 100% seguro e nunca será compartilhado com ninguém.
Ao inserir seu e-mail você concorda com nossos Termos de Uso e Política de Privacidade.